Redenção...

Me perdoe...
Pelas magoas que te causei...
Ou minha falta de humanidade...

Meus pensamentos andaram por terras, sem controle.
Onde minha fé a muito foi abalada.
Em dias  onde o trovão era o meu despertar..

Me julguei por anos...
Então me culpei, o juiz em mim me condenou...
A pena sem perdão foi dada...

Dor e ressentimento tomaram conta de mim...
Por muito tempo não houve um único dia!
Que eu não acordasse sentindo meus pecados!

Aos céus eu me entreguei...
E no mais belo dia de sol me perdoei, mas nunca esqueci das lagrimas que chorei.
Lagrimas em agradecimento ao  perdão do meu Deus...

Me perdoe...
Pelas magoas que te causei...
Ou minha falta de humanidade...








Postagens mais visitadas deste blog

Sexo ou amor, tudo junto e misturado?!

A parede, o martelo a vida, não e sim...

Tiradentes-Hoje é dia dele- E ele ainda paga pensão...