Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2017

Imaginar,procurar,doar,sofrer.batalhar, desistir?

Imagem
Pensamentos:


As vezes fico a imaginar....
O quanto procuramos?
O quanto nos doamos?
O quanto sofremos?
O quanto batalhamos!?
O quanto não desistimos!?


De achar o verdadeiro amor...
É como uma atitude  rumo ao impossível...
Na busca de algo que não se sabe se ira encontrar.
Ou se existe ou se define...
Como acreditar em algo que não se vê?

Não procure sua resposta em labirintos que a vida lhe oferece.
Mas sim na luz no fim desses mesmos labirintos...
Onde tuas resposta não serão as minhas, e as minhas respostas não serão as tuas...
Mas precisam nos satisfazer.

Viva em breves momentos da vida ou em momentos que  a vida lhe da.
No fim ou desde o começo.
Sempre procuramos alguém...
Seja num breve instante, ou no instante de uma vida.
Sempre iremos procurar alguém...



A parede, o martelo a vida, não e sim...

Pensamentos...


                         A vida e feita de uma infinidade de paredes, Sempre teremos uma a nossa frente...
Chamo esta parede de o não! E digo não temos escolhas, precisamos ultrapassa-la! Seja pela superação ou própria vontade,  ou limitação de escolhas , através dela, esta o único caminho....
Como fazemos isso? Quebrando todas as paredes que estão a nossa frente! Mas isso não é tão fácil!
Alias a vida nunca é! No inicio temos apenas um pequeno martelo, mal temos força para segura-lo, e pouco sabemos usa-lo... Ele caleja nossas mãos, faz bolhas, mais ainda sim precisamos usa-lo!
                         É só o que temos... Achamos que com aquilo nunca derrubaremos tal parede! Mas é o único caminho, então você continua batendo...
                         Até você ver a luz do outro lado, está vai aumentando a medida que você aumenta o buraco da parede, você vai se animando, quando você se da conta, já se pode ir para o outro lado, eu chamo isso de...
                   …

Folhas de inverno...

Imagem
Era um dia de inverno...
Há uma certa melancolia no ar.
Um desejo coletivo de desejar?

Um  simples abraço?
Procurar onde se aquecer?
Desejar!

Um amor inocente de infância?
Milagre do saber?
Reconhecer, o amor?

Um anjo caído?
A solidão pesava em meu coração!
Desejar?

Que meu coração fique mais leve!
Pensei em você!
Naquele
dia frio de inverno... Pensei em você...

Pisando em folhas de inverno pensei em você...