Postagens

Erros...

Deixe-me com minha redenção...
Para de alguma forma eu corrija meus erros...
Esquece-los eu já desisti..

Quero o abraço de quem não me perdoou...
Ou em algum momento da vida me odiou..
Sim errei!

Nem sempre minha taça de vinho esteve cheia...
Ou o sorriso me acompanhou!
Deixe-me com minha redenção!

Deixe a chuva sobre minha cabeça!
Não sou invulnerável!
Deixe-me com minha redenção!

Corrigir onde errei...
Ou ser corrigido pelo que errei...
Deixe-me com minha redenção...

Então voltarei atras!
Pedirei ao céus!
Apenas! Perdão!

Um instante...

Me de um instante para dançar com você.
Pegue minhas mãos...
Sinta o ritmo, ouça nossa musica...

Olhe em meus olhos..
Veja o meu semblante..
Perceba o quanto me alegro, dançando com você...

Venha, sonhe comigo, viaje a meu lado pelos acordes...
Repetitivos, evolutivos, uma nota acima...
Nossos corpos encostados...

Aumentando as batidas do coração...
Lá,la´,lá,la´,la´, lalalalala...
Mais uma vez...

Dei-me apenas um instante..
Venha dançar...
No ritmo dessa simples canção...



Imprudência..

As vezes me considero imprudente, por te olhar...
De certa forma,   um código ...
Um sinal que apenas nos reconhecemos...

Imprudência que denúncia!
Me entregam , de tal forma!
Que esqueço que existe o amanhã!

Me fazem desejar a chuva!
Desejar você, na chuva, molhada, em meus braços..
Bebendo teus lábios, matando a sede dos meus sentimentos...

Grito!
Esse momento não pode acabar!
Não quero o amanhã!

Quero você! Sim você!
Um desejo impossível!?
Eu sei, sou imprudente, me denuncio num simples olhar...

Deixe-me te olhar!
Mostrar o que sinto, entregar ao você o melhor de mim...
Mate a sede de meus sentimentos, aceite apenas me amar... Beije meus lábios...




Seria proibido?

Seria proibido te amar a noite inteira?
Tocar seus lábios com os meus?
De maneira tão intensa, como a primeira vez?!

Seria pecado te amar assim?
Tão acima de tudo que já vivi?
São tantas dúvidas!

Tão inocente, ingênuamente, como o amanhecer, ou anoitecer?
Seria proibido?
Desejar mais do que mereço?

Mas quero simplesmente ser feliz!
Então pecarei, desejarei, terei sim mais do que mereço!
Farei o que é proibido, serei feliz!

Tocarei teus lábios a noite inteira!
Amarei você tão intensamente, como nossa primeira vez...
Me condenarei a ser feliz!

No final dessa breve noite...
Interrompido pelo milagre do sol...
Estarei finalmente com meu verdadeiro amor...

Eternamente...
No fim da noite..
Até o nascer do sol, com meu único e verdadeiro amor...Você.

SS


Entre erros e acertos...

Durante  a vida, tive muitos relacionamentos.
E sim ganhei muitas feridas,
Achei acima da media que errei demais...

Que poderiam ser o verdadeiro amor.
Mas uma a uma, passaram.
Ficaram para traz..

Doendo no peito, as deixei..
O sentimento do erro era inacreditável!
Mas... Eu o fiz...

Então... Pedi pela chuva...
Para esconder minhas lagrimas...
Anos depois, pouco a pouco..

O céu  mostrou o quanto eu acertei...
Evitei  sofrimentos...
Escolhi ser feliz...

Indefinido

Imagem
Acreditar...
Simplesmente acreditar...
Em si próprio!?

Como deseja ter o respeito de todos?
Ser lembrado, de maneira memorável...
Ter seu nome pronunciado, através dos anos?

Ser um exemplo!
Simplesmente alcançando, seus objetivos...
Não importa quantas vezes tentou!

Você conseguiu...
Não importa quantas dores sentiu...
Vitória!

Acreditando...
Simplesmente acreditando em si próprio...
Em si próprio...

Onde esta você ?

Imagem
As vezes me bate a nostalgia...
De um tempo inocente , onde criar imaginar, sonhar.
Era apenas o que podíamos fazer, ou desejar...

Onde dançar se baseava a pequenos passos, que faziam todo o sentido.
Era aquele momento da lenta tão desejado, onde se podia olhar nos olhos...
De quem desejávamos...

Sentir o sentimento da inconsequente paixão.
A dor da desilusão..
Dor do aprender... Eramos crianças aprendendo...

Dias que inocentemente eu poderia simplesmente amar...
Naquele tempo onde a noite era uma criança, mora?
Rir, era verdadeiro, e a amizade existia...

Dias com menos dinheiro ainda!
Onde a superação era dia a dia!
Dias que  sobrevivi....


Onde esta você?