Labirintos...

Não quero estar neste labirinto.
Onde avisto a luz do sol tão distante.
E não sinto o orvalho.

De alguma forma vazio.
E de certa forma tão completo.
Mas ainda sim  distante.

Ainda procuro as palavras deste poema.
Num lugar que a poesia me abandonou.
Ela me deixou!!!!

Você era como a mais bela mulher.
Meu animo, para...
Fazer cada poesia....

Te faço perguntas, sem pensar...
Onde você esta?
O que esta fazendo sem mim?!

Não quero estar neste labirinto...
Onde avisto a luz do sol tão distante...
Onde avisto a luz do sol tão distante...





Postagens mais visitadas deste blog

Sexo ou amor, tudo junto e misturado?!

A parede, o martelo a vida, não e sim...

Tiradentes-Hoje é dia dele- E ele ainda paga pensão...