Pesadelos.

Acordo de madrugada, mais uma noite de pesadelos se foi.
Pouco a pouco, minhas noites de sono, não são mais tranquilas.
Tudo acontece, ou perco algo querido, ou amigo.

Mas sempre à uma batalha a se travar.
Buscando algo, ou lhe retirando algo.
Sempre procurar ser o perfeito..

Se exigir, ser exigido ao extremo.
Todo dia mais, e mais.
O que fazer?

De certa forma tenho uma forma frágil.
Evoluo, me superando, crescendo.
Reajo até acordar.

Mas uma vez perdi para meu pesadelo.
Me levanto .
Acordo de madrugada, mais uma noite de pesadelos se foi.

Postagens mais visitadas deste blog

Sexo ou amor, tudo junto e misturado?!

Imprudência..

A parede, o martelo a vida, não e sim...