Madrugada de sonhos...

Hoje eu acordei de madrugada, estava nu , me levantei, e vi você dormindo tão tranquilamente, seu corpo me aqueceu, nesta noite tão fria.
Mas me lembro, antes que os sonhos me levassem,  beijei, senti seu cheiro, a amei, até o fim de minhas forças...
Fui a sala, fui a varanda de nosso apartamento, o frio chocou-se com meu corpo aquecido, esqueci do perigo de minha atitude...
Olhei para o horizonte, a noite já fraca, o sol vinha magnifico, quase onipotente...
Retornei para dentro, me banhei, vesti a pesada armadura de meu trabalho, tomei um pequeno café, a beijei, a abracei, e fui a caminho da luta de mais um dia...
A manha se passou rápido, em meu almoço, entre amigos, entre sorrisos, lembrava de nossos momentos, seus lábios, sua pele.
O dia continuou, e a tarde fez o dia ficar pesado, vencerei esse dia, retornarei a meu lar, meu amor.
E o dia de trabalho terminou, me encontrava exausto, mas venci mais um
dia.
Cheguei em casa, a beijei, tirei aos poucos minha armadura, me sentei, e fiquei só comigo mesmo.
Quando recuperei minhas forças, tomei meu banho, me fiz perfumado, limpo, comi algo leve que você me preparou, o vento assobiava pelas frestas das janelas de nosso apartamento.
A cama fria aos poucos se aquece com nossos corpos, nossos beijos se tornam intensos, nosso amor inevitável.
Nossas forças se acabam, nos rendemos um ao outro, encostamos em nossos corpos...
E mais uma vez fomos ao sonhos.
Acordo nu de madrugada....

Postagens mais visitadas deste blog

Sexo ou amor, tudo junto e misturado?!

A parede, o martelo a vida, não e sim...

Tiradentes-Hoje é dia dele- E ele ainda paga pensão...